Artistas nacionais e estrangeiros decoram carruagens da CP por dentro e por fora

Algumas carruagens de comboios da CP que circulam nas linhas urbanas de Lisboa (linha de Cascais) e do Porto vão ser decoradas com criações de artistas plásticos portugueses e estrangeiros, entre eles Vhils, no âmbito do projeto JANELA.
As intervenções nas carruagens, que começam a ser feitas ainda durante esta semana, serão da responsabilidade dos artistas portugueses Alexandre Farto, que assina como Vhils, Bruno Pereira, Francisca Torres e Luís Alegre, do brasileiro Jorge Fonseca e do catalão Albert Folch, disse à Lusa Sandro Resende, que dirige a P28, responsável pela direção artística do projeto.
De acordo com fonte oficial da CP, em Lisboa serão intervencionadas sete carruagens. Albert Foch será responsável por decorar o exterior de três e Bruno Pereira e Alexandre Farto pelo interior de duas cada um.
No Porto, as intervenções serão feitas no exterior de três carruagens do mesmo comboio, uma por Francisca Torres, outra por Luís alegre e a terceira por Jorge Fonseca.
A CP prevê que as carruagens comecem a circular em Lisboa (na linha de Cascais) e no Porto (nos serviços de Aveiro, Guimarães, Braga e Caíde), na próxima semana.
A empresa espera manter as decorações nas carruagens até ao final do ano, mas apenas se estas se mantiverem intactas.
Este projeto da CP tem chancela do ano de Portugal no Brasil e mecenato da Immochan.