Bendita tradição casamenteira

Depois da estreia no Porto, o Teatro dos Aloés traz à sua cidade, a produção conjunta que desenvolve com o Teatro Nacional São João. “Os Juramentos Indiscretos”, de Marivaux retrata a antiga tradição casamenteira do século XVIII, quando os pais combinavam entre si o casamento dos filhos, sem estes sequer se conhecerem. Nesta peça, os dois jovens prometidos não vão em tradições e numa atitude de irreverência, e revolucionando os costumes da época decidem encontrar-se para declararem a respectiva indisponibilidade para esse casamento. Nesse encontro porém são surpreendidos pelo estranho sentimento de não aceitação da rejeição proposta pelo outro. Todo o resto da história é a tentativa da manutenção da fidelidade à palavra dada e a resistência a um amor que se vai impondo à maneira que se vão tentando explicar e supostamente afastar. Nesta luta entra uma irmã que se põe entre o par amoroso e vai fazendo crescer o ciúme e o sofrimento de amor. Entram também uns criados que defendem os interesses dos amos enquanto defendem os seus. Serão capazes eles de engolir o orgulho e admitir o amor, mesmo parecendo à sociedade que apenas se resignaram ao destino?
Resta analisar se as sociedades não continua a condicionar as nossas opções...
Por ser Dia Mundial do Teatro, na terça-feira, 27 de Março, há uma sessão extra, pelas 21h30.
Recreios da Amadora, até 1 de Abril, de quarta a sábado, às 21h30, e domingos, pelas 16 horas.