Câmara de Loures vai debater orçamento municipal para 2016

A Câmara Municipal de Loures vai iniciar na quarta-feira um conjunto de debates públicos, em todas as freguesias, sobre o Orçamento Municipal para 2016, cuja verba é de cerca de 100 milhões de euros, anunciou hoje a autarquia.
 
Em causa está a discussão com os habitantes do concelho das prioridades do Orçamento Municipal, segundo explicou à agência Lusa o vice presidente da Câmara de Loures, Paulo Piteira (CDU).
 
"Trata-se de um compromisso, que se iniciou o ano passado, de aproximar a gestão autárquica da população, discutindo, de forma transparente, os constrangimentos e as prioridades que temos", apontou.
 
Paulo Piteira referiu que o executivo já tem “algumas ideias", mas que quer "recolher sugestões e contributos de todos os munícipes": "Vamos apresentar os dados e ouvir o que nos têm a dizer. Já no ano passado este exercício se revelou de extrema importância na definição das prioridades do investimento municipal", realçou.
 
O autarca apontou como áreas prioritárias a Educação, a reabilitação urbana e da rede viária e ainda a recuperação de património e de edifícios municipais, referindo que o orçamento municipal previsto para 2016 será de cerca de 100 milhões de euros.
 
O pavilhão José Gouveia, em São João da Talha, e o Museu de Cerâmica, em Sacavém, poderão ser alguns dos equipamentos municipais que irão ser alvo de uma intervenção durante o próximo ano.
 
Os debates sobre o Orçamento Municipal para 2016 vão decorrer até ao dia 17 de outubro.