Cereja do Fundão inspira chefs de Lisboa

Durante três semanas, 15 prestigiados restaurantes da Grande Lisboa terão, disponíveis nas suas cartas propostas inspiradas neste fruto tão esperado durante todo o ano: a Cereja do Fundão. Até 6 de Julho, será um dois em um para os fãs das cerejas e das criações da cozinha de autor. 

Desde bebidas, entradas, pratos principais e sobremesas, os melhores Chefs de Lisboa envolvidos nesta iniciativa aceitaram o desafio, deram asas à imaginação e criaram verdadeiras experiências gastronómicas que prometem levar os comensais ao Fundão, sem saírem de Lisboa. Para além disso, será distribuída nestes restaurantes a Cereja do Fundão, enquanto fruto de excelência.

Rota Gastronómica da Cereja do Fundão está disponível nos seguintes restaurantes da Grande LisboaFortaleza do Guincho(Chef Vincent Farges - 1 Estrela Michelin), Eleven (Chef Joachim Koerper - 1 Estrela Michelin), Feitoria (Chef João Rodrigues - 1 Estrela Michelin),Tasca da Esquina (Chef Vitor Sobral / Chef Hugo Nascimento),Cervejaria da Esquina (Chef Vitor Sobral/ Chef Luis Espadana), Taberna das Flores (Chef André Magalhães), Chapitô à Mesa (Chef Bertílio Gomes), Cantina Ministerium (Chef Nuno Bergonse), O Largo (Chef Miguel Castro e Silva), De Castro (Chef Miguel Castro e Silva), O Talho(Chef Kiko Martins), Cantinho do Avillez (Chef José Avillez), Laurentina "O Rei do Bacalhau" (Chef Joana Byscaia), Prego da peixaria (Chef Luís Barradas) e Boi-Cavalo (Chefs Hugo Brito e Pedro Duarte).

Criatividade é o que não falta aos Chefs na hora de “colocar a cereja no topo do bolo”, que é como quem diz, “colocar a cereja no topo das suas criações”. O menu é variado e estes são alguns dos pratos que podem ser encontrados nos 15 restaurantes aderentes à Rota Gastronómica da Cereja do Fundão em Lisboa: o Chef Miguel Castro e Silva brinda os seus clientes com um “Crumble” de cereja do Fundão com seu coulis e Cereja do Fundão em calda de especiarias com gelado de limão e manjericão; o Chef José Avillez prepara um Gaspacho de cerejas do Fundão, requeijão, presunto e manjericão; o Chef Bertílio Gomescriou uma Salada de testículos de galo com cerejas e balsâmico, Pato confitado com foie gras, cerejas salteadas com amêndoas, Trilogia de cerejas, Cerejas gratinadas, Mousse de chocolate de leite com cerejas e ainda Sorvete de cereja; o Chef Kiko Martins prepara Cereja do Fundão em destaque no prato da semana juntamente com uma perna de galinha e um cous cous de amendôa, Escalope de foie com espuma de cereja e cebola confit em ginjinha e Floresta negra com cereja do Fundão; a Chef Joana Biscaya prepara um Mil-folhas de Cereja; já os Chefs Vítor Sobral e Hugo Nascimento querem deixar os seus clientes com curiosidade e preparam o menú “Fique nas mãos do Chef”, onde cada prato será uma surpresa.

Paulo Fernandes, presidente da Câmara Municipal do Fundão, realça a importância deste tipo de iniciativas, inseridas no contexto de promoção da região e do produto nacional: “A Cereja do Fundão é um produto de excelência e com um enorme potencial para ser trabalhada e apresentada sob diversas formas. É este o objetivo do desafio que lançámos aos Chefs. É desmistificar a cereja apenas como sobremesa, realçando o produto na alta gastronomia, fazendo-o brilhar em vários pratos”.

 

Em paralelo, decorre no Fundão, o Festival  Gastronómico “Fundão, Aqui come-se Bem – Sabores da Cereja”. Durante o mês de junho, 19 restaurantes e cinco pastelarias do Fundão recebem o Festival Gastronómico “Fundão, Aqui come-se bem – Sabores da cereja”, onde a cereja vai ser o produto em destaque.

Restaurantes aderentes: Alambique d’Ouro, As Tílias, Boguinhas, Cantinho dos Grelhados, Divino Lounge Bar, Dom Martin, Hermínia, Mário’s, O Mário, Marisqueira Bela Vista, Moagem d’Avó, O Barros, O Beiral, O Eclipse, O Parque, Sítio do Vale, o Fiado, O Lagarto e O Rochedo.

Na área da pastelaria, cinco pastelarias aderiram ao festival gastronómico: Arte e Doce, Flor do Fundão, Formiga, Fundanito e Paris.