Fausto e Deolinda fazem Abril em Almada

O 38.º aniversário do 25 de Abril de 1974 vai ser marcado em Almada com um largo leque de iniciativas musicais e desportivas. As comemorações abrem 21 de Abril com uma exposição evocativa da Revolução dos Cravos, na Oficina da Cultura, onde é retratado o trabalho através de imagem e palavras, ao longo da história desde o 1.º de Maio de 1886 até à data em que em Portugal foram conquistadas as regalias sociais, em 1974. Esta mostra inspirada na Declaração Universal dos Direitos Humanos vai estar patente até 6 de Maio.

Mas o momento alto está guardado para a noite de 24 para 25 de Abril com Fausto a subir ao palco na Praça da Liberdade, pelas 22 horas, a dar voz às suas canções intemporais e outras do seu álbum lançado o ano passado.

À meia-noite, no mesmo local central da cidade, esperam-se mais uma vez centenas de vozes a ecoarem “Grândola Vila Morena” e logo a seguir um espectáculo de fogo-de-artifício. A noite irá continuar, agora ao som dos Deolinda. Um projecto musical com base nas raízes da canção popular lisboeta na voz de Ana Bacalhau.

Com iniciativas de carácter cultural, desportivo e lúdico a decorrerem nas várias freguesias do concelho, é de destacar o programa na Escola Secundária Cacilhas-Tejo com exposições e debates sobre a data da Liberdade, com dia 4 de Maio a contar com a presença da filha do General Humberto Delgado, num dos debates.