Hospital de Cascais apela ao teste VIH

O Hospital de Cascais alertou hoje, em comunicado, para a importância do diagnóstico precoce do VIH, associando-se à Semana Europeia do Teste VIH, que decorre entre 20 e 27 de novembro.
 
"Este ano, o Hospital de Cascais inscreveu-se pela primeira vez nesta iniciativa, sendo o único hospital do país inscrito. É muito importante fazermos parte desta iniciativa, uma vez que o concelho de Cascais é um dos mais subdiagnosticados do distrito", revela Inês Vaz Pinto, responsável pela consulta do VIH no Hospital de Cascais, citada na nota.
 
A unidade de saúde indica que 30% dos doentes portugueses não estão diagnosticados e, por isso, vai levar a cabo uma exposição com mensagem sobre a importância de fazer o teste VIH.
 
"A Organização Mundial de Saúde estabeleceu como objetivo, para o ano de 2020, que 90% das pessoas infetadas pelo VIH estejam diagnosticadas. Estima-se que, em Portugal, cerca de 30% dos doentes não estão ainda diagnosticados. Na atualidade, cerca de 50% dos novos diagnósticos da infeção VIH são considerados tardios, isto é, realizados em fases avançadas da doença", conclui Inês Vaz Pinto.