Instituições da Amadora querem manter Novas Oportunidades

Apesar da incerteza sobre o futuro dos Centros de Novas Oportunidades, na Amadora, cinco instituições que promovem a formação contínua de adultos juntaram-se para criar uma rede “para troca de experiências”, como sublinhou José Biscaia, director da Escola Dr. Azevedo Neves, estabelecimento de ensino anfitrião da iniciativa.
Foi em jeito de balanço que cinco centros Novas Oportunidades do concelho, destinados a promover a formação ao longo da vida, se juntaram, no sábado, dia 26 de Maio, na escola Dr. Azevedo Neves na Amadora, situada na Damaia, para formalizar a criação de uma rede, cujo objectivo é continuar a promover a formação de adultos, trocando experiências e mantendo a união.
“Este encontro não poderia ser mais oportuno, tendo em conta que o Governo discute os objectivos das Novas Oportunidades, pretende-se mostrar que este programa foi útil para muitas pessoas que de outra forma nunca poderiam concluir o 12.º ano de escolaridade”, referiu Carla Tavares, vice-presidente da Câmara Municipal da Amadora (CMA), responsável pela área da Educação, presente no encontro.
Também Adelino Serras, director da Escola Intercultural das Profissões e do Desporto, outra instituição parceira da rede, lamentou a “indecisão”. “Não saber o que vai acontecer depois de Agosto é o pior que pode acontecer às instituições”.