Metro em funcionamento desde as 10 horas depois de greve parcial

O Metropolitano de Lisboa iniciou hoje o seu funcionamento às 10:00, depois de uma greve parcial dos trabalhadores entre as 06:30 e as 09:30, disse à agência Lusa fonte da empresa.
 
A greve parcial dos trabalhadores decorreu entre as 06:30, hora normal de abertura das estações, e as 09:30, tendo as estações reaberto às 10:00 sem problemas, de acordo com a mesma fonte.
 
A paralisação, convocada por diversos sindicatos, foi a segunda greve desta semana - o Metro esteve encerrado na passada segunda-feira até às 10:00 - e a terceira realizada este ano (uma outra foi realizada, nos mesmos moldes, a 23 de fevereiro).
 
De acordo com a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), entre as razões para a greve estão "a falta de diálogo, quer por parte da empresa quer do Governo, para resolver os problemas concretos de trabalho da maior parte das categorias profissionais, a redução cada vez mais acentuada do número de trabalhadores" e a defesa do Metropolitano "enquanto empresa pública".