Nuno Matias continua à frente do PSD de Almada

Nuno Matias foi reconduzido pelos militantes do PSD de Almada para mais um mandato de quatro anos. Uma eleição que teve a particularidade de dividir as duas listas, com Pedro Roque candidato de Ana Moura para a Mesa do Plenário a receber mais votos que António Neves, candidato ao mesmo órgão na lista do presidente reeleito. “Ser eleito não era para mim uma questão determinante. Entrei na lista de Nuno Matias porque considero que tem capacidade de trabalho para corresponder aos interesses da população de Almada”, afirma António Neves, actual vice-presidente da Mesa da Assembleia Distrital do PSD de Setúbal.

Por outro lado a votação em Pedro Roque acabou por não ser uma surpresa uma vez que era o presidente da Mesa na Comissão Política de Secção de Almada no mandato anterior. Com isto os social-democratas deram luz verde a Nuno Matias para “dar continuidade ao trabalho” na oposição contra a maioria CDU em Almada, comenta Pedro Roque. “O PSD em Almada está mais unido e, se considerarmos que nas últimas Legislativas fomos a força política com mais votos no concelho, podemos estar perto de conseguir o mesmo resultado nas Autárquicas”, antevê.