Paixão de Cristo assinalada com vários atos religiosos em Lisboa

Os católicos celebram, na próxima sexta-feira, feriado nacional, a Paixão de Cristo, com a realização de diversas Vias Sacras e procissões, sobretudo na zona histórica de Lisboa, em diferentes horários.
   
Os católicos iniciaram na segunda-feira última, a "Semana Santa", celebrando a sexta-feira, como "Sexta-feira da Paixão", com a evocação do trajeto que Jesus Cristo fez em Jerusalém, carregando a cruz, desde que foi condenado, do Pretório (sede do poder executivo no Império Romano), até ao Monte Calvário, onde foi crucificado.
 
Para os católicos a Via Sacra é um exercício de fé, refletindo sobre a "Paixão de Cristo", explicou fonte eclesiástica à Lusa.
 
Na manhã de sexta-feira, entre as 10:30 e as 12:30, na paróquia de S. Nicolau, na baixa lisboeta, realiza-se a procissão da Via Sacra, que "provocará condicionamentos de trânsito em diversas artérias da freguesia de Santa Maria Maior, estando as alternativas devidamente identificadas", segundo fonte autárquica.
 
Esta procissão da Via Sacra é presidida pelo sacerdote Mário Rui, sai da igreja de S. Domingos, segue pela rua D. Antão de Almada para a praça da Figueira, apanha a rua da Prata, até a rua da Vitória, segue pela rua Augusta até à praça do Comércio, seguindo depois pela rua do Arsenal, até ao largo de S. Julião e à rua de São Julião, para subir depois à rua Garrett, até ao largo do Chiado, descendo à praça do Município, donde parte de novo para a rua Nova do Almada e a rua da Vitória, entrando por fim na igreja de S. Nicolau, disse à Lusa fonte paroquial.
 
A partir das 17:00, inicia-se a procissão da Via Sacra da paróquia de São José, que percorre as ruas de São José, das Portas de Santo Antão, dos Condes, a avenida da Liberdade, a travessa da Glória e as ruas da Glória, das Pretas, a praça da Alegria e o largo da Anunciada, regressando à igreja de S. José, segundo informação paroquial.
 
"As alterações à circulação e os respetivos desvios de trânsito serão devidamente coordenados", segundo comunicado camarário.
 
Na paróquia de Santa Catarina realiza-se, a partir das 20:00, a procissão do Enterro do Senhor, que se insere também nas cerimónias da Semana Santa, e percorre várias ruas do Bairro Alto e da Bica, no centro da capital, disse à Lusa fonte paroquial.
 
Esta é, segundo a mesma fonte, "uma procissão centenária, sendo a mais antiga da paróquia de Santa Catarina".
 
A procissão que evoca, depois da celebração da Paixão e morte de Jesus, a sua sepultura, sai às 20:00 da Igreja de Santa Catarina dos Paulistas, na calçada do Combro, segue pelo largo Dr. António de Sousa Macedo, ruas dos Poiais, S. Bento, do Poço dos Negros, largo Dr. Sousa Macedo, travessa do Alcaide, rua de Santa Catarina, Jardim do Miradouro de Santa Catarina, rua Marechal Saldanha, largo do Calhariz, rua da Rosa, travessa dos Fiéis de Deus, rua Luz Soriano, largo do Calhariz e calçada do Combro, e retorna à igreja dos Paulistas.
 
A procissão obriga a alterações ao trânsito, que se encontram devidamente assinaladas, segundo informa a Câmara de Lisboa em comunicado.
 
A procissão é presidida pelo padre António Boto de Oliveira, e nela participam imagens de roca (que envergam vestes) representando N.S. das Dores, S. João Evangelista e Stª. Maria Madalena, e o esquife do Senhor, segundo fonte paroquial.
 
Participa também na procissão, um "grupo de crianças com vestes dos séculos XVIII/XIX, transportando os martírios, ou seja, os símbolos da Paixão de Cristo", que os católicos celebram.
 
Ainda na sexta-feira, entre as 21:30 e as 23:00, realiza-se a procissão da Morte do Senhor, na paróquia do Espírito Santo, que "provocará condicionamentos de trânsito em diversas artérias da freguesia de São Vicente", na zona oriental da cidade, segundo fonte autárquica.
 
A procissão, presidida pelo padre Alberto Bissoli, sai da igreja de Stª. Teresa do Menino Jesus, igreja paroquial da Picheleira, e segue para a rua Engenheiro Maciel Chaves, rua Mira Fernandes, calçada da Picheleira, rua Frei Fortunato de S. Boaventura, e regressa à igreja de Santa Teresa do Menino Jesus.
 
Em Benfica, a Via Sacra inicia-se parte às 21:00, da igreja de N. S. do Amparo, passa pela estrada de Benfica, rua Maria Lalande "e outros arruamentos da freguesia", retornando ao templo, e é presidida pelo padre Nuno do Rosário Fernandes, disse à Lusa fonte paroquial.
 
O Cardeal-Patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, preside, na Sé de Lisboa, às 15:00, à celebração da "Paixão do Senhor".