Quatro detidos e oito estabelecimentos encerrados em operação da PSP e ASAE

Uma operação conjunta da PSP da Amadora, da ASAE e da Inspecção Tributária levou à detenção de quatro pessoas e ao encerramento de oito estabelecimentos comerciais por falta de higiene, informou hoje aquela força policial.

Durante a operação, que decorreu no sábado, foram detidos dois suspeitos por imigração ilegal, os quais já foram notificados pelo Tribunal de Mafra para abandonar o país, e outros dois por condução sob o efeito do álcool, que serão julgados em processo sumário no Tribunal Judicial da Comarca da Amadora, durante o dia de hoje.

Além disso, na fiscalização a estabelecimentos comerciais e de diversão nocturna de zonas urbanas sensíveis da Amadora, as autoridades levantaram 15 autos de contraordenação, sete dos quais por falta de emissões de talões e facturas, e três processos-crime.

Em comunicado, a PSP informa que foram ainda apreendidos 268 euros, três máquinas de jogo ilícito no valor de 7.500 euros, mais de 65 quilogramas de géneros alimentares, cinco litros de bebidas alcoólicas, uma mesa de mistura, um órgão eléctrico, dois microfones, quatro colunas e dois tripés.

A operação conjunta da Divisão Policial da Amadora, Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e da Inspecção Tributária visou a prevenção de focos de criminalidade violenta em zonas sensíveis da Amadora.