Saldos fora de época na Baía de Cascais

 

Mais de 20 mil pessoas interessadas em mudar de visual e em participar noutras animações de forma gratuita são esperadas na quinta edição do ‘Stock and Fashion Market’, que decorre entre sexta-feira e domingo na Baía de Cascais.
Em declarações à agência Lusa, Armando Correia, presidente da Associação Empresarial do Concelho de Cascais (AECC), entidade responsável pela organização do evento, explicou que "esta iniciativa visa dinamizar o comércio de Cascais" e "não teme" a crise.
"Aliamos a parte de promoção do comércio local com os preços baixos que, nesta altura de crise, são o que as pessoas mais procuram", afirmou o responsável, sublinhando que o evento é dirigido às empresas locais, mas também "vai trazer muitas empresas de fora, cerca de 40%".
Armando Correia disse até que a crise não o preocupa, mas sim o estado do tempo. 
"Não estamos preocupados com a crise. Para nós, o fator determinante para uma grande ou pouca afluência é o tempo. Espero que esteja sol e um dia apelativo a um passeio de muita gente na Baía de Cascais", frisou.
Com "expetativas elevadas", o responsável espera conseguir o mesmo número de visitantes do ano passado, 20 mil pessoas.
Evento anual dedicado à comercialização e escoamento de produtos de fim de estação e outras promoções do comércio tradicional, o ‘Stock an Fashion Market’ tem ainda um espaço dedicado às crianças, o ‘Fun For Kids’, com ateliês de pinturas faciais, bijutaria, escultura de balões, feltro e desenhos.
No evento vai ser comercializado todo o tipo de artigos, desde vestuário, calçado, acessórios de moda e artigos de decoração, entre outros, sendo que o ponto alto do certame acontece no sábado à noite, com um desfile de moda.
O evento conta com o apoio da Câmara Municipal de Cascais.