Transportes Coletivos do Barreiro vão operar na Moita a partir de dezembro

Os autocarros dos Transportes Coletivos do Barreiro (TCB) vão começar a efetuar carreiras em parte do concelho da Moita a partir de dezembro, anunciaram hoje as autarquias.
 
Os presidentes das câmaras municipais do Barreiro, Carlos Humberto, e da Moita, Rui Garcia, assinaram hoje um Protocolo de Entendimento para a criação de Serviço de Transportes Coletivo Complementar no concelho vizinho.
 
Os Transportes Coletivos do Barreiro são um serviço municipalizado da Câmara do Barreiro, que efetua carreiras rodoviárias em todo o concelho. O protocolo prevê que os Transportes Coletivos do Barreiro possam efetuar carreiras no concelho vizinho da Moita.
 
"Este projeto tem já muitos anos, mas por razões legais não foi possível concretizar. Já vínhamos a conversar há muito tempo e, com a alteração da lei, finalmente conseguimos", disse Carlos Humberto.
 
O autarca do Barreiro explicou que as carreiras dos TCB na Moita devem começar a ser efetuadas durante o mês de dezembro.
 
Os TCB vão passar a servir a Baixa da Banheira, zona central de Alhos Vedros e Vale da Amoreira, incluindo a zona da escola, com duas carreiras em circulação.
 
"Este é um momento que aguardávamos há muito tempo com ansiedade, sendo reconhecido que os TCB têm um serviço de excelência. Tínhamos o desejo que os TCB começassem e entrar no concelho da Moita", disse Rui Garcia.
 
O presidente da Câmara da Moita explicou que o novo serviço será "muito importante" para as populações da Baixa da Banheira, Alhos Vedros e Vale da Amoreira, tendo em conta a nova alternativa de mobilidade que vão ter ao seu dispor.
 
O acordo entre as duas autarquias foi celebrado no interior de um dos autocarros na Rua da Amizade, que separa os dois concelhos da margem sul do rio Tejo, tendo sido depois efetuada uma viagem para apresentar o novo trajeto.