Transtejo interrompe ligações na tarde de quarta-feira

O Grupo Transtejo, responsável pelas ligações fluviais entre Lisboa e a Margem Sul do Tejo, anunciou hoje que as ligações podem parar na tarde de quarta-feira devido a um plenário dos trabalhadores.

Todas as ligações no rio Tejo devem parar a partir da hora de almoço e só devem começar a ser gradualmente repostas durante a tarde, a partir das 16:20.

A Grupo Transtejo, que engloba as empresas Transtejo e Soflusa, refere que os terminais serão encerrados nos períodos em causa, por questões de segurança, caso se verifique as paralisações.

Trabalhadores da empresa têm vindo a contestar a alteração de horários e a redução de carreiras nas ligações das duas empresas, com paragens no Seixal, Montijo, Cacilhas, Trafaria, Lisboa e Barreiro.

Segundo os sindicatos, os funcionários temem despedimentos, até porque as alterações nas ligações têm já motivado mudanças nas escalas de serviço.

A última greve no Grupo Transtejo, de três horas por turno, ocorreu em março.