Comerciantes da Costa em protesto

Cerca de 40 comerciantes protestaram hoje, na Costa da Caparica, contra uma cancela que a Câmara de Almada quer pôr à entrada de uma rua que dá acesso à praia, a restaurantes e bares e a parques de estacionamento.

“A câmara ia começar hoje a construir uma cancela que cortava a rua. Em vez de a pôr no acesso ao parque de estacionamento, iam pô-la no acesso à rua. Isso irá trazer muitos condicionamentos à mobilidade das pessoas e consequências comerciais muito elevadas”, disse hoje à Lusa o advogado do proprietário do restaurante “O Barbas”.

“Os concessionários estão contra e manifestaram-se hoje”, acrescentou Paulo Edson da Cunha.

No local esteve também, em solidariedade, o presidente da junta de freguesia da Costa da Caparica.

Entretanto, deslocou-se ao local um funcionário da câmara de Almada para conversar com os comerciantes, que lhes garantiu que a obra vai ficar parada até à realização de uma reunião entre os concessionários e o vereador responsável.

Segundo o advogado, os comerciantes estão agora a decidir se avançam com uma providência cautelar contra a construção da cancela ou esperam pelo resultado da reunião.

A Lusa tentou contactar com a câmara de Almada, mas até ao momento não foi possível.